sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Estou frente a essas palavras novamente, buscando qualquer desculpa para não estudar, mesmo que precise, não sei a razão de estar assim, só sei que cansei, cansei de procurar alguém interessante de fato, quando busco a beleza o resto é uma merda, e quando não a busco, o resto é pior ainda. Crio situações e emoções imaginárias para suprirem minha vida estagnada, confusa e chata. Faz-me necessário qualquer coisa que me mexa o coração, que me transforme, que me adube.
Estou pó. Soam falsos meus passos e meus dizeres, me esqueçam. Faz-me necessário qualquer coisa diferente do que sou, do que faço. Se eu sumir, fiquem felizes, estarei melhor do que agora, do que aqui, do que assim.


- É a primeira vez que fico com alguém da Universidade, sabia?
- Huum..(Hesita) É.. Eu também
-Mentira!
-Sério!
-Então por que esse tempo psicológico pra responder.
-É que o fica que eu tive aqui não valeu.
-Por que não?
-Me pagaram.
-(Paralisado) Hãn?! Não acredito. Você ficou com alguém por dinheiro?
-Porra, foram 100 reais!
-(Pensei que você valia mais) É...
-Mas num rolo nada, só sexo.
-Nossa sério ¬¬ Só Seeexo.
-Ah vai esquece, por favor.
-Ta não se preocupa. (Me enganei de novo)

...

-Casa comigo?
-Quanto você me paga?

Um comentário:

Jeronymo Artur disse...

'O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você.'

Mário Quintana



Sacou? x)