domingo, 1 de fevereiro de 2009

Menino Grande

e os meus metros de altura não significaram nada enquanto você cantava músicas sérias com a mesmo voz rouca das canções de ninar.

"E quando ela segurou a mão dele, não foi preciso olhar para ter certeza, ela estava do seu lado e o entendia como nenhuma daquelas mentes caladas jamais conseguiria."



Obrigado.

2 comentários:

Juliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana disse...

Minha vontade é de te por no colo e te fazer dormir...
Não há o que agradecer,
Meu menino grande.